Quarta-feira, Setembro 22

PRESIDENTE DA AMVAGRA E DO CIVALERG COBRA MAIOR PARTICIPAÇÃO DO PREFEITO DE CONQUISTA

Sudoeste: Presidente da Amvagra e do Civalerg fala dos avanços à frente dos órgãos e solicita maior participação do prefeito de Conquista

O presidente da Associação dos Municípios das Regiões do Rio do Antônio e Rio Gavião (AMVAGRA) e do Consórcio Intermunicipal do Vale do Rio Gavião (CIVALERG), Márcio Ferraz, destacou os avanços obtidos pelas duas iniciativas nos últimos meses e também citou as dificuldades que ainda vem encontrando na presidência dos dois órgãos.

Na última sexta-feira (11), na sede da Amvagra, estiveram reunidos os principais prefeitos e representantes dos municípios que integram a AMVAGRA e o CIVALERG.

001

Foto: Celso Rios / Expressão Bahia

“Esse primeiro semestre tem sido mais para organizar o Consórcio Civalerg. Ele já estava montado, porém não estava funcionando 100%. E hoje, finalizamos isso, e estamos avançando bastante. Nós fizemos também muitas cobranças tanto ao Governo do Estado quanto ao Governo Federal. Consegui levar 13 prefeitos para uma audiência em Brasília, com a presença do ministro Imbassahy. Na oportunidade, ele se comprometeu junto ao Governo Federal a estar liberando duas usinas asfálticas e uma perfuratriz de poços artesianos”, explicou Márcio Ferraz.

De acordo com o presidente, a solicitação teria sido feita há um mês. “O Ministro me pediu uma audiência com os prefeitos e levei esses 13 gestores municipais”, frisou Márcio.

Ferraz destacou também a previsão de visita do governador Rui Costa, do PT, ao município de Belo Campo. Nesta ocasião, o presidente junto com os demais representantes dos municípios deverão estar reunidos junto com o governador.

002

Foto: Celso Rios / Expressão Bahia

A iniciativa deve reunir além da Amvagra, o consórcio também dos municípios pertencentes à região de Poções. Durante a conversa devem ser expostas ao governo algumas das demandas para essas regiões.

“Estamos fortalecendo o Consórcio e aquela ideia inicial minha de estar criando novos polos para alavancar o crescimento também fora da região de Conquista. Já que hoje, o terceiro maior município baiano está sufocado. São 76 cidades que jogam todos os seus problemas aqui dentro e acabam por sufocar ainda mais o município”, analisou o presidente da AMVAGRA e do CIVALERG.

Uma das demandas que devem ser pautadas na reunião entre prefeitos, consórcio e governador, diz respeito à melhora dos equipamentos nos hospitais de Belo Campo e Condeúba. Desta forma, a região ganharia duas centrais bem equipadas para atendimento aos municípios vizinhos.

003

Foto: Celso Rios / Expressão Bahia

Dificuldades

Quanto às dificuldades, Márcio Ferraz citou que a crise política atual é a que mais tem atrapalhado no andamento e boa execução dos investimentos de alguns municípios. “Acredito que deva dar uma estabilizada já nos próximos anos e nós precisamos disso”, declarou Márcio.

O presidente da Amvagra e do Civalerg reiterou o convite e solicitou uma maior participação do prefeito de Vitória da Conquista nas reuniões e assembleias do Consórcio.

“O prefeito precisa estar mais presente para estarmos trabalhando e caminhando juntos. Estamos buscando o crescimento de todos. As nossas reivindicações são em prol do coletivo e não do individual”, finalizou Márcio Ferraz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *